Espelho, espelho meu…

Espelho, espelho meu…

Espelho, espelho meu:

diga quem sou eu….

Alguns professores ficam importantes na vida; alguns permanecem outros são temporários.

Professores importantes inspiram soluções, esclarecem mistérios ….o que parece ser um mistério.

Oferecem hipóteses, modos de fazer.

Esse encanto é pessoal.

Já encontrei vários professores importantes e espero ainda encontrar outros.

Porque tudo na existência é temporário. E vamos aprendendo, mudando, descobrindo, aprendendo, mudando….e vamos nos reconhecendo e descobrindo nossa Verdadeira Natureza.

Os professores externos são os espelhos onde nos descobrimos.

Há 2 dias, entre os textos diários, encontrei :

“Quem é o professor externo? Ninguém mais do que a corporificação e a voz e o representante do nosso professor interno.

O Mestre que com sua forma humana com sua voz humana com sua sabedoria acabamos tendo afeto mais que a outros é ninguém mais do que a manifestação externa dos mistérios da nossa verdade interna.

O que poderia explicar melhor essa forte conexão com ele ou ela?”(Glimpse after Glimpse)